A arte é bela e a vida sem ela não tem sentido! Existe sensação melhor do que criar?

Terça-feira, 18 de Agosto de 2009
Exposição em Oliveira de Azeméis

 Amiga Sara,

 

Esta exposição devo-a a ti. Muito obrigado pela tua amizade e por dizeres tão bem dos meus trabalhos e por estabeleceres tão bons contactos.

 

Visitem os trabalhos da Sara em http://tintasepinceis.blogs.sapo.pt/ . A Sara é uma pintora em grande ascenção, com muita qualidade, com muita força, vontade de trabalhar e modéstia. Tem tudo o que é preciso para ser um Grande Artista.



publicado por miguelfazenda às 19:50
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 2 de Julho de 2009
Exposição de Pintura

Podem visitar o meu Stand de Exposição no Festival "Arte Viva", em São Brás de Alportel (Algarve), nos dias 11 e 12 de Julho de 2009.

 



publicado por miguelfazenda às 15:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 15 de Maio de 2008
É incrivel

Já à algum tempo que eu não escrevia aqui mas hoje aconteceu-me uma coisa insólita que tenho descrever aqui. Normalmente os contactos de pessoas que me enviam e-mails são adicionados à minha lista de contactos, que depois uso para enviar convites para as minhas exposições ou para algum acontecimento relacionado com a minha carreira artística, que eu ache relevante. Qual é a minha surpresa quando e "pintorzeco" (nem sei se é assim que se escreve a palavra) me envia um e-mail a reclamar que eu incomodei amigos dele com convites para exposições. Eu pedi imensa desculpa e pedi os contactos dos amigos desse senhor para os remover da minha lista. Como a lista de amigos desse senhor era grande e eu não tenho tempo a perder com coisas sem sentido enviei um e-mail a todos os contactos que possuo a perguntar se querem ser removidos na minha lista. Dois ou três responderam a dizer que querem ser removidos e dezenas responderam a dizer que ficam muito orgulhosos por receber convites e até aproveitaram para me enviar convites também. Coisa saudável! Qual o meu espanto quando o tal "pseudo-pintor" me envia outro e-mail a dizer que voltei a incomodar os seus amigos e que se vai tornar meu inimigo. Sinceramente não sei o que ele pretende. Um convite para uma exposição não incomoda ninguém, a não ser alguns fundamentalistas que se sentem atacados quando eu digo mal dos abstraccionistas que nem sabem desenhar. A verdade é que não entendo o que esse senhor quer dizer com "inimigo". Vai dizer mal de mim nas galerias? Força, vá em frente, é melhor dizerem mal de mim do que nem sequer me conhecerem! Já agora, tive imenso trabalho e tirar esse pintor da foto que estava no meu site. A montagem nota-se um pouco, mas não quero arriscar a ser processado por alguém que não me conhece de lado nenhum e decidiu atacar-me sem motivo.

Será que esta pessoa sem sentiu atacada por eu enviar convites ou terá sido por algum outro motivo? Eu costumo dizer mal, muito mal da arte abstracta, mas esses "artistas" são tão intocáveis em Portugal que não se deverão sentir atingidos por um pintor desconhecido como eu. A verdade é que vou continuar a defender a figuração com todas as minhas energias. Como dizia Francis Bacon "a abstracção é algo que me passa completamente ao lado".

Visitem o meu site em www.miguelfazenda.com.sapo.pt e enviem-me o vosso contacto para eu enviar convites e também me podem enviar convites. pintorfazenda@gmail.com



publicado por miguelfazenda às 23:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 19 de Abril de 2008
Há tecnicas e há técnicas!!!
Sinceramente não entendo o estado da arte actual (e do publico de arte). Quando um artista pinta ou desenha com alguns erros técnicos é acusado de amador, de naif , de inexperiente, etc. . Curiosamente já me aconteceu várias vezes o inverso. Já ouvi imensas vezes o comentário: "Você colou fotografias na tela!" na ultima vez que isso aconteceu eu respondi que não, que é tudo pintura e o individuo continuou a teimar que era fotografia e que eu ando a enganar o publico! Que estupidez, se não se sabe pintar é porque não se sabe, se se pinta bem é porque se está a enganar o publico.
Será que não se pode fazer figuração com um mínimo de qualidade? Será que os pintores realistas são tão poucos que são apelidados de "fraudes"? Continuo a não entender como se valoriza tanto esses "pseudo-artistas" abstractos e ditos conceptualistas que muitas das vezes nem sequer sabem desenhar, pintar e nem têm conhecimentos de história da arte. Há uns tempos atrás até conheci um "pintor" que pinta uns Pollocks " e que me disse: "A minha pintura é de carácter conceptual!" São tão abstractos e tão inovadores que muitas vezes não se apercebem que são uma cópia ranhosa " de artistas que já tiveram momentos de glória no passado. Conceptual? Uma obra conceptual será algo bastante pensado e ponderado. Será uma pintura planeada à máxima exaustão, ou como nos anos 70, será uma obra em que a intenção é 99% mais importante que o objecto artístico . Curiosamente o mercado (galerias, coleccionadores, etc. ) continuam a fechar-me as portas ou abri-las muito pouco. Alguma coisa está mal e não acredito que seja eu. A minha pintura não tem nada de magnifico, mas sei o que estou a fazer e porque o estou a fazer.
Para terminar devo acrescentar que o publico estrangeiro me tem apoiado bastante e tem gostado muito da minha pintura


publicado por miguelfazenda às 14:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 2 de Abril de 2008
Fim de um novo ciclo!

Normalmente depois de uma exposição costumo questionar todo o meu trabalho e fazer algumas alterações. Depois de três individuais em simultâneo chegou a hora de fazer um balanço do meu trabalho. Vamos ver o que vai surgir. Vou aproveitar parte das novidades que introduzi este ano (dípticos, desenho, cores vivas) e provavelmente vou voltar com as multidões (People ) do ano passado. Gosto bastante de fazer solidões e melancolias, mas neste momento apetece-me mais alegria.

 

www.miguelfazenda.com.sapo.pt

 

 

 

 

Visitem o meu site



publicado por miguelfazenda às 19:44
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 5 de Julho de 2007
Sofás e cortinados!
No final do século XIX formou-se em França um grupo de pintores que se passaram a chamar de "Impressionistas", nome que veio do quadro "impressão do sol nascente" do Manet. Estes artistas acreditavam num novo tipo de arte, na ciência e na tecnologia. Com o aparecimento da fotografia os artistas já não sentiam a necessidade de fazer representações "fotográficas" da realidade. Com as novas teorias sobre a composição da luz e da cor dos objectos, os pintores começaram a fazer um tipo de pintura diferente. Já não se pintavam formas, mas cores. Manchas de cor que davam ao nosso olho a ilusão de um determinado objecto. Estes pintores eram contemporâneos nos Naturalistas e de alguns Romanticos, correntes que estavam na moda e eram muito apreciadas pelas altas classes sociais. Muitos artistas desta nova corrente chegavam a passar fome e a dormir ao relento, por falta de dinheiro, mas nunca desistiram. Lutaram sempre pela "nova" arte. Van Gogh chegava a pintar uma tela por dia, chegava a ir para os campos pintar, com chuva, vento, neve, etc. Gauguin deixou a familia, deixou a França e foi passar fome para ilhas do Pacifico, em busca do seu sonho de pintar aqueles povos( indios). Mais tarde o Picasso teve a morar em Paris e tinha de dividir um minusculo quarto, chegando a dormir por turnos, devido a só haver uma cama. Mas lutou pela nova arte. Marcell Duchamp foi recusado em Nova Iorque, numa exposição onde tinha o direito legal de participar (por ser sócio da entidade organizadora), mas lutou por dar novos caminhos e novos sentidos à arte. Agora digam-me que é que hoje em dia (em Portugal) luta por alguma coisa? Vão-me dizer que artistas como a Ana Vidigal, Angela Ferreira, Pedro Cabrita Reis, etc, lutam por alguma coisa? Se sim, lutam por quê? Por fazerem o mesmo tipo de arte conceptual que se fazia nos anos 70? Onde está a evolução? Faz-se uma instalação e escreve-se um texto "filosófico" com palavras caras que nem o próprio artista sabe o que lá está escrito, ninguém entende e toda a gente acha que aquilo é magnifico (porque são demasiado orgulhosos para admitir que não fazem a minima ideia do significado daquilo). Preciso entender tudo o que vejo? Claro que não preciso entender. Mas preciso saber se o criador da obra sabe o que faz e porque faz. Na faculdade falava-se muito em "Pesquisa", até a Angela Ferreira me falava disso. Mas a meu entender esses "conceptuais" não se dão ao trabalho. Nestes momentos é que dou valor aos artistas de pintura tradicional, como o João Mário, que pintam pela beleza da paisagem e das cores. Quantas pessoas vemos numa galeria a dizer "Não gosto de te trabalho" ou a dizer "Não gosto deste pintor"? Eu nunca ouvi niguém faze-lo. Qual é o medo? Os próprios amigos do Picasso disseram mal do quadro "As meninas de Avinhão", que depois esteve 10 anos virado contra uma parede e mais tarde veio a ser reconhecido como o primeiro quadro cubista. Uma vez mais quero referir que não tenho nada contra os abstraccionistas nem contra os conceptuais. Apenas tenho contra a tentativa de algumas dessas pessoas dominarem o mercado e a opinião publica. Tenho contra aqueles que acham que a figurção é algo "Académico". Tenho contra aqueles que dominados pela preguiça fazem coisas sem qualidade e se acham os melhores. Quem se sentir ofendido é porque está nesse grupo de pessoas de que estou a falar. Aos outros desejo bem trabalho e muito sucesso.


publicado por miguelfazenda às 12:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Exposição em Oliveira de ...

Exposição de Pintura

É incrivel

Há tecnicas e há técnicas...

Fim de um novo ciclo!

arquivos

Dezembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Setembro 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

tags

todas as tags

links
Contador
Hit Counter
HTML Hit Counter
blogs SAPO
RSS